18/02/2021 às 13h26min - Atualizada em 18/02/2021 às 13h26min

Taxista é roubado em Manhuaçu e veículo é abandonado em Caparaó

PM procura por suspeito

Mais um taxista de Manhuaçu foi alvo de bandido nesta terça-feira para quarta-feira, 17/02. O carro foi abandonado na zona rural de Caparaó e o motorista, mesmo ferido, conseguiu socorro em Luisburgo.



Policiais militares tomaram conhecimento de um roubo ocorrido no córrego dos Cristinos e que uma das vítimas se encontrava lesionada no Posto de Saúde de Luisburgo. O taxista de Manhuaçu, de 44 anos, alegou que, por volta de 00h30 desta quarta, o autor ligou e solicitou uma viagem do bairro Coqueiro, em Manhuaçu, para a zona rural de Luisburgo. Alegou que precisava ver a esposa que estava doente.



Na divisa com Vargem Grande, em Alto Jequitibá, com Luisburgo, o autor anunciou o assalto, dando uma gravata na vítima e encostando uma faca no pescoço dela. Na tentativa de desvencilhar do bandido, o taxista deu uma cotovelada no rosto do autor, tendo a faca penetrado na parte alta do ombro, próxima ao pescoço.



No mesmo instante, o motorista saiu do carro e se escondeu em meio a uma vegetação, de onde viu o autor tomar a condução do veículo e evadir. No interior do veículo ficaram o celular e dinheiro.



Após uns 30 minutos escondido, a vítima caminhou a pé pela zona rural de Luisburgo até a área urbana, onde foi socorrido às 06 horas, quando foi encaminhado ao hospital de Manhuaçu.



AUTOR IDENTIFICADO


A vítima se recordou que sábado (14/02), por volta de 01h30min fez uma viagem para Luisburgo, levando o autor do fato até a rua Nossa Senhora das Dores, tendo deixado a pessoa e retornado imediatamente.


Nas diligências, equipe foi até a residência e não encontrou o autor, no entanto, à porta de entrada estava caído um canivete pequeno, semelhante ao utilizado no roubo.


A vítima reconheceu o autor por meio de fotografias. Só que a história não acabou por aí. Com base no roubo a outro taxista de Manhuaçu, que foi rendido entre Manhumirim e Alto Jequitibá, a PM apresentou as imagens para a ex-companheira do autor e familiares. Eles reconheceram que era a mesma pessoa do crime desta quarta.


Autor possui familiares nas cidades de Carangola e Divino e conhecidos na cidade de Manhumirim, estando na cidade de Luisburgo por tempo aproximado de três meses.


Em rastreamento, o táxi roubado – Voyage - foi recuperado pela Polícia Militar de Espera Feliz numa estrada vicinal na saída para Caparaó. Equipes permanecem em rastreamento.


No final de semana, um taxista de Pedra Bonita também foi roubado em crime semelhante na zona rural de Divino. O veículo dele foi deixado abandonado na zona rural de São João do Manhuaçu. Há suspeitas de que seja o mesmo elemento.


O rastreamento continua na tentativa de localizar o rapaz.

Portal Caparaó


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »