22/10/2019 às 15h14min - Atualizada em 22/10/2019 às 15h14min

Operação para desarticular tráfico detém 15 e apreende drogas no Caparaó Capixaba

Operação O Gângster

Quinze pessoas foram presas e drogas e arma apreendidas durante a Operação "O Gângster", deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Sul) e da Promotoria de Justiça de São José do Calçado nesta terça-feira (22).
 

O objetivo foi desarticular o tráfico de entorpecentes e associação de pessoas voltadas para tráfico de drogas no Sul do Espírito Santo. Foram cumpridos de sete mandados de prisão temporária e 21 mandados de busca e apreensão nas cidades de São José do Calçado, Guaçuí, Alegre e Cachoeiro de Itapemirim.

Foram apreendidos um revólver cal. 38, 10 munições de calibres diversos, 4 KG e mais 12 buchas de maconha, 500 gr e mais 155 pedras de crack, 500 gr e outros 96 pinos de cocaína, 13 frascos de loló, duas balanças de precisão, dois binóculos, dois socos inglês, duas roupas camufladas e R$ 7.103,00 em dinheiro.



 

A operação ‘O Gângster’ contou com o apoio do 3º Batalhão de Polícia Militar, do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES, do Comando de Polícia Ostensiva Sul (CPO SUL) e do Comando de Polícia Ostensiva Especializado (CPOE).

Participaram da operação promotores de Justiça do Gaeco-Sul e da Promotoria de Justiça São José do Calçado, 168 policiais militares do sul do estado e quatro cães farejadores da Polícia Militar, ao todo 49 viaturas foram utilizadas.

Aqui Notícias


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »