05/10/2018 às 12h50min - Atualizada em 05/10/2018 às 12h50min

O programa visa aprimorar a qualidade dos serviços prestados pelos sindicatos a comunidade rural.

Cinco sindicatos iniciam GQS na Zona da Mata

Representantes dos Sindicatos de Produtores Rurais de Carangola, Divino, Espera Feliz, São João do Manhuaçu e Tombos começaram o programa Gestão com Qualidade no Sindicato. Com término previsto para novembro, a iniciativa visa aprimorar a qualidade dos serviços prestados pelos sindicatos à comunidade rural e, com isso, fortalecer a representatividade da classe produtora.

Para isso, são fornecidos aos participantes instrumentos modernos de gestão ao longo de cerca de três meses. Nesse período, o presidente, integrante da diretoria ou funcionário do sindicato participam de aulas expositivas dinamizadas. Entre os módulos teóricos, existe a consultoria, que contribui para a implantação do Plano de Gestão com Qualidade (PGQS), voltado para a realidade de cada sindicato.

As aulas serão ministradas por José Heleno Húngaro, em Carangola. “Estamos com uma grande expectativa. O pouco que colocarmos em prática já possibilitará mudanças importantes. Essa semana foi ótima e vamos seguir adiante”, afirmou o presidente do Sindicato de Carangola, Júlio Maria Ferrari.



Para a secretária executiva do Sindicato no município, Fernanda Cristina Rodrigues Azevedo Monteiro, a ideia de promover o GQS surgiu em virtude da necessidade de melhorar os serviços prestados, estabelecer novos atendimentos para os associados e trocar experiências com os sindicatos vizinhos.

“Estávamos precisando de um novo olhar, desta renovação para melhorar o nosso Sindicato. Está sendo muito bom também esse contato com outras entidades. O instrutor vem com muitos conteúdos que podemos adaptar ao nosso cotidiano para melhor atender nossos asociados”, explicou.

Para o presidente do SPR de Tombos, José Roberto Murucci, esta é uma oportunidade de aprender importantes ferramentas de gestão. “Está sendo bastante interessante e certamente vai contribuir para melhorar a gestão em nosso Sindicato”, comentou.

Herisértz Jacinto Mathias, do Sindicato de São João do Manhuaçu, destaca que o GQS ajuda na organização. “Espero implantar o que aprender e que as coisas comecem a fluir melhor. O GQS é muito importante porque ajuda o Sindicato a se organizar e ter uma visão mais ampla”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »