12/07/2022 às 11h16min - Atualizada em 12/07/2022 às 11h16min

Maus-tratos a cavalo choca moradores de Guaçuí

Animal foi sacrificado

 

Neste último fim de semana, um crime de maus-tratos chocou os moradores de Guaçuí, um cavalo  foi abandonado após quebrar a perna e agonizar durante toda a noite.

Segundo moradores, um rapaz que participava de uma cavalgada, forçou o animal a descer uma ladeira muito íngreme, o cavalo não resistiu e teve fratura exposta. O tutor do animal, o abandonou sem nenhuma assistência.


É crime praticar maus-tratos contra animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos, de acordo com a Lei 9.605/98, artigo 32.


Existem várias condutas que podem caracterizar os crimes, tais como o abandono, ferir, envenenar, manter em locais pequenos sem higiene, não abrigar do sol, chuva ou frio, não alimentar, não dar água, negar assistência veterinária se preciso, dentre outros.


Atualmente, a legislação prevê pena de três meses a um ano de detenção para quem pratica os atos contra animais. A pena é aumentada de um sexto a um terço se o crime causa a morte do animal.



Nota oficial da Prefeitura Municipal de Guaçuí 


A Vigilância Sanitária de Guaçuí, acompanhada da polícia militar e de um veterinário, esteve no bairro Cid Moreira para verificar o caso da égua  que foi abandonada com ferimentos graves.


Devido a gravidade da situação, não houve outra alternativa a não ser sacrificar o animal devido a fratura exposta na pata dianteira.


Em seguida a Vigilância se encaminhou para delegacia para fazer o boletim de ocorrência.


A Prefeitura Municipal de Guaçuí recolheu o animal e o encaminhou para ser enterrado.


Via: 90,5FM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »