11/07/2022 às 13h06min - Atualizada em 11/07/2022 às 13h06min

Sete trabalhadores em condições de escravidão são resgatados em Manhumirim.

Região

Na última semana, sete trabalhadores foram resgatados de uma fazenda na zona rural de Manhumirim por estarem em condições análogas a escravidão. A ação de resgate foi realizada pelo Ministério do Trabalho com apoio da Polícia Militar.
 

Os trabalhadores saíram da cidade de Caetanos, na Bahia, a mais de 800km de Manhumirim em busca de trabalho. Durante 16 dias, as vítimas trabalharam em condições precárias, com baixa remuneração e sem acesso a necessidades básicas, como alojamento digno e condições de alimentação e deslocamento.
 

De acordo com o artigo 149 do Código Penal brasileiro, trabalho análogo ao escravo é aquele em que pessoas são submetidos a qualquer uma das seguintes condições: trabalhos forçados; jornadas tão intensas ao ponto de causarem danos físicos; condições degradantes no meio ambiente de trabalho; ou restrição de locomoção em razão de dívida contraída com o empregador. É crime e pode gerar multa, com pena de até oito anos de prisão.

Fonte: Tribuna do Leste


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »