24/06/2022 às 11h03min - Atualizada em 24/06/2022 às 11h03min

Operação Catarse: mais de R$ 10 milhões em prejuízos já foram contabilizados durante investigação em Muriaé, diz MP

Câmara de Muriaé

 

O Ministério Público realizou, nesta quinta-feira (23), uma coletiva de imprensa e deu mais detalhes sobre a terceira fase da operação “Catarse”, deflagrada na Câmara Municipal de Muriaé.


De acordo com o Dr. Breno Coelho, chefe do Grupo de Atuação Especial em Combate ao Crime Organizado (GAECO), foram cumpridos mandados de busca e apreensão, neste primeiro momento, apenas no setor contábil. O contador da Câmara foi preso em regime temporário. Dezenas de documentos do setor foram apreendidas e serão analisados.


Durante a coletiva de imprensa, Dr. Breno afirmou que levantamentos apontam um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 10 milhões.


A operação segue em andamento e há possibilidades de outros mandados serem deflagrados em Muriaé.


Ainda segundo o Dr. Victor, é importante que a população denuncie. “É fundamental que a população denuncie, caso saiba de alguma irregularidade”, destacou o promotor.


Desde o início da operação ocorrida em novembro do ano passado, foram cumpridos mais de 40 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão.


Fonte Rádio Muriaé


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »