23/06/2022 às 15h50min - Atualizada em 23/06/2022 às 15h50min

Museu de Carangola será reaberto depois de sofrer com duas enchentes consecutivas

Cultura

 

Um dos maiores patrimônios da cultura carangolense, o Museu e Arquivo Municipal de Carangola criado em 1959 será reaberto novamente para a comunidade e turistas que visitam a cidade a partir desta sexta-feira (24/06).
 

Fechado desde 2015, o Museu Municipal sofreu com as duas últimas grandes enchentes (2020 e 2021) e como consequência cerca de 40% de seu acervo sofreu danos. Tão logo assumiu a Prefeitura, Silas Vieira determinou como uma prioridade a recuperação do acervo. Hoje, o Museu está ocupando um espaço situado na Rua Coronel Olimpio Machado, 141(em frente à Policlínica Municipal) que está abrigando provisoriamente a sede da instituição.


O Museu de Carangola é dividido nos setores de História Regional - são objetos diversos sobre a vida cotidiana, mundo do trabalho, objetos de personalidades da cidade, obras de arte, ferramentas, armas, vestuário, mobiliário, arte sacra, dentre outros. No setor de Biodiversidade o Museu conta com coleções de mineralogia, rochas, fósseis, coleções de taxidermizados de animais da região, aves, peixes do Rio Carangola, amostras botânicas dentre outras coleções. O setor de arqueologia é formado pelo acervo dos sítios arqueológicos de "Toca dos Puris" de Ponte Alta e artefatos do Sítio Arqueológico Córrego de Maranhão (Distrito de Alvorada) alguns datados de 1700 anos.

Já o setor de Arquivo Histórico conta com documentos de toda a região que no passado pertenciam ao município de Carangola, alguns documentos datados da metade do Século XIX.

 

“Estamos numa fase de recuperação da nossa história. A abertura do Museu será uma amostra de parte do acervo recuperado”, disse o Diretor do Museu, Eduardo Pimentel.


“Vivemos um momento de resgate da história, da memória e da cultura de Carangola. Nosso próximo passo será lutar para a construção de uma nova sede permanente para o nosso Museu”, disse o Secretário de Cultura e Patrimônio Histórico e Cultural, Randolpho Radsack.


Prefeitura de Carangola


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »