09/05/2022 às 12h02min - Atualizada em 09/05/2022 às 12h02min

Homem é morto a tiros em zona rural de Carangola; suspeito foi preso

Distrito de Alvorada

Segundo a PM, imagens de videomonitoramento da lavoura de café mostram o suspeito próximo a uma retroescavadeira que era utilizada pela vítima durante o trabalho e logo depois são ouvidos os disparos de arma.

 

Um homem de 32 anos morreu após ser atingido por tiros na tarde de sábado (7), em uma fazenda localizada na zona rural de Carangola. O suspeito do crime, de 27 anos, foi preso enquanto saia de casa.


Conforme a ocorrência registrada pela Polícia Militar (PM), populares encontraram o homem caído no meio da lavoura de café, vítima de disparos de arma de fogo. Ele foi socorrido para o Hospital de Carangola, mas não resistiu e morreu.


O suspeito do crime foi apontado pela esposa da vítima. Os militares foram até a casa do rapaz, que relatou que teve problemas no passado com a vítima, mas que desde o ocorrido não teriam se falado mais.
 

Imagens de videomonitoramento da lavoura de café mostram o suspeito próximo a uma retroescavadeira que era utilizada pela vítima durante o trabalho e logo depois são ouvidos os disparos de arma.


Ainda conforme a ocorrência, enquanto a equipe estava na casa da vítima, o suspeito foi visto saindo apressado de casa. Ele foi abordado por outra guarnição e ao ser questionado apresentou várias contradições quanto ao fato e onde estava indo.


Diante da situação foi dada voz de prisão ao jovem, que foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para demais providências.

O corpo da vítima João Leno Casati foi sepultado neste domingo (08), no Distrito de Alvorada, momento em que companheiros de trabalho da vítima prestaram-lhe homenagens, seguindo cortejo com várias máquinas utilizadas em terraplanagem, já que a vítima era operador de máquina.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »