27/04/2022 às 16h11min - Atualizada em 27/04/2022 às 16h11min

Sec. de Meio Ambiente emite nota sobre a incidência de serpentes no município de Carangola

Avistamentos constantes

 

Tendo em vista a necessidade de diversos resgates envolvendo serpentes em Carangola nos últimos dias, a Secretaria de Meio Ambiente por meio do Secretário e Biólogo Paulo César, realizou no dia 26 de abril de 2022 um encontro técnico com os especialistas em anfíbios e répteis o Dr. Emanuel Teixeira e Dr. Renan Nunes, ambos professores da UEMG-Carangola, bem como, os Policiais do Grupamento de Meio Ambiente de Carangola Sgt. Giovane Coelho e Sgt. Thiago Giovannoni.

O encontro teve como objetivo principal traçar estratégias visando apoiar a população Carangolense via Educação Ambiental, tal qual, definir os meios corretos de comunicação aos órgãos competentes em caso de uma eventual necessidade.

 

Em Carangola avistamentos constantes da espécie Boa constrictor, conhecida como jiboia tem chamado a atenção. A jiboia é uma serpente nativa comum no Brasil e Mata Atlântica, ao contrário do que muitos pensam ela não foi trazida para cá, já estava aqui bem antes de nós. Apesar do tamanho a jiboia é uma serpente pouco agressiva e por não apresentar aparelho inoculador de veneno ou peçonha é uma serpente NÃO peçonhenta, ela mata a presa que são preferencialmente roedores por asfixia, enrolando seu corpo na vítima e a apertando, bloqueando o fluxo sanguíneo do animal capturado.
 

Ecologicamente falando é uma espécie de suma importância para o equilíbrio dos ecossistemas, pois atua contendo a população de pragas que se tornariam sem controle na ausência das serpentes.
 

Vale ressaltar que os animais silvestres são protegidos pela Lei Federal, N°9.605 de 12 de fevereiro de 1998, podendo penalizar o contraventor até com a detenção.

Sendo assim, como forma de educação devemos respeitar o espaço de todos os seres vivos e agir corretamente junto aos órgãos competentes em caso de necessidade pelos números (32) 3741-5542 Polícia Militar de Meio Ambiente e (32) 9.8860-2885 Defesa Civil.

Com informações: Prefeitura de Carangola 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »