06/12/2021 às 15h35min - Atualizada em 06/12/2021 às 15h35min

Homem é morto após atirar flechas contra pessoas e ameaçar policiais

São João do Manhuaçu

Na manhã desta segunda-feira, 06/12, a Polícia Militar em São João do Manhuaçu foi acionada a comparecer à Rodovia BR 116, trevo de acesso ao município de Santa Margarida, onde um homem caminhava portando uma corrente, um facão, arco e flecha; e já teria lesionado algumas pessoas que passavam pelo local.


Duas vítimas (de 28 e 29 anos), relataram aos militares que transitavam em um veículo pela rodovia, quando foram surpreendidos pelo autor na altura do KM 615, quando ele foi em direção ao automóvel em que elas estavam e desferiu uma "correntada" no para brisa do veículo, que quebrou e os cacos de vidro acertaram o passageiro causando-lhe algumas lesões. Imediatamente a equipe policial militar de São João do Manhuaçu se deslocou para as proximidades da rodovia, tendo eles se deparado com o autor de 32 anos no meio da Rodovia BR 116, ainda em posse das armas brancas.


Quando o autor percebeu a aproximação da viatura policial, ele lançou flechas em direção aos militares, que ainda tentaram convencer o autor a largar as armas brancas, contudo ele partiu pra cima da guarnição empunhando um facão, sendo necessário que a equipe policial militar desferisse disparos na direção do agressor, a fim de repelir o injusto ataque e resguardar a integridade física dos próprios militares.


O autor foi atingido por dois disparos de arma de fogo, tendo falecido no local. Após a ação, a Polícia Militar ainda recebeu relatos de testemunhas dos fatos praticados pelo autor, sendo informada que ele havia passado pelo terreiro de uma residência próxima ao local, onde teria matado com golpes de facão um cachorro e ainda teria ameaçado de morte um senhor de 56 anos.


Ainda segundo testemunhas, outra vítima que estava transitando em uma motocicleta pela rodovia, foi atingida por uma flechada disparada pelo autor e estava no pronto atendimento municipal sendo socorrida. A perícia da Polícia Civil compareceu ao local do fatos realizando os trabalhos de praxe e liberando o corpo para o serviço funerário.

O coordenador do policiamento em Manhuaçu também compareceu ao local, dando andamento aos procedimentos legais quanto a conduta praticada pelos militares, para posterior apuração dos fatos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »