18/06/2019 às 19h18min - Atualizada em 18/06/2019 às 19h18min

Assassinato de irmão do ex-prefeito de Dores foi a mando do irmão e sobrinho

Assassinato encomendado

Investigações da Polícia Civil do Espírito Santo e também da Polícia Civil de Mato Grosso apontam que Joaquim Riva, irmão do ex-prefeito de Dores do Rio Pretoassasinado em março deste ano na localidade de Mundo novo, no município foi morto a mando de um irmão e sobrinho. Os suspeitos são moradores do município de Juara (a 696 km de Cuiabá). 

Geraldo Riva e José Henrique Riva, pai e filho, tiveram a prisão decretada e policiais civis de Juara chegaram a fazer buscas na última semana, porém, eles não foram encontrados. Executores do crime confirmaram que o valor de R$ 30 mil foi pago para o cometimento do assassinato.

O delegado de Juara, Carlos Henrique Engelmann, atuou em parceria com a Polícia Civil do Espírito Salto. Ele explicou como o interrogatório dos executores levou à identificação dos mandantes do crime.


Valdeir Soares dos Santos foi preso no município de Juara. Ele teria sido contratado por por Geraldo e pelo filho dele, José Henrique. Valdeir, por sua vez, contratou os autores do assassinato.

Joaquim Riva foi sequestrado e morto com tiros na cabeça. Os autores do crime foram presos no Rio de Janeiro, durante fuga, e confirmaram a contratação do serviço por parte de Valdeir, que, por sua vez, confirmou que a ordem para matar foi feita por Geraldo e seu filho.

As investigações apontaram também que pai e filho tramaram a morte de Joaquim após ele ter feito ameaças a Carlos Henrique.


(com informações do site reportermt.com.br)
Fonte: Aqui Noticias
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »