19/05/2021 às 12h47min - Atualizada em 19/05/2021 às 12h47min

Começam as obras na ponte dos Gama, na MG-111

Prazo previsto de 120 dias

O DER-MG (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais) deu a ordem de início para a recuperação da ponte sobre o rio Jequitibá, localizada no quilômetro 91,8 da MG-111, no trecho entre o entroncamento da BR-262 (Reduto) e Manhumrim para a Construtora Ágil. A empreiteira iniciou, na sexta-feira, 14/05, a montagem dos equipamentos para a intervenção no local.



Segundo a Assessoria de Comunicação Social - DER-MG informou ao que a mobilização de homens, equipamentos, materiais e a montagem do canteiro de obras já foi iniciada. O prazo previsto de execução dos serviços é de 120 dias.

 

A empresa vencedora da tomada de preços 049/2020 será a responsável pela execução das obras contratadas por R$915 mil. A intervenção consiste na melhoria da ponte em concreto que tem 38,30 metros de comprimento por dez metros de largura.



Com a conclusão das obras, a ligação pela MG-111 entre Reduto, Manhuaçu e Martins Soares, com Manhumirim e demais localidades mais próximas, será restabelecida para o tráfego de todo tipo de veículo.



Nos próximos dias, a ponte será totalmente interditada para as obras. Os veículos menores conseguem passar por um desvio alternativo na estrada de terra.



Vários deputados, como João Magalhães, Celise Laviola, Mário Heringer, prefeitos e vereadores de Manhumirim, Reduto, Alto Jequitibá, Alto Caparaó e Manhuaçu se mobilizaram solicitando providências.

Houve protestos exigindo a recuperação da ponte. O último deles, há 15 dias, cobrando o início das obras. Em janeiro, houve até uma “festa de aniversário” pelo primeiro ano de paralisação.



 

Histórico


Em janeiro de 2020, as fortes chuvas que caíram na região provocaram a inundação do rio Jequitibá e as estruturas, pilares e vigas da ponte do Gama, ficaram abaladas. Técnicos do DER-MG, depois de avaliarem as condições da estrutura e por medida de segurança, limitaram o tráfego apenas a veículos leves.


Atualmente, o tráfego de veículos pesados é feito por meio de desvio, que aumenta em 19 quilômetros o percurso entre Manhumirim e Reduto. O trajeto é feito nos dois sentidos pela BR-262 até Martins Soares, depois acessar a MG-108.



Portal Caparaó


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »