30/04/2021 às 10h00min - Atualizada em 30/04/2021 às 10h00min

Escritora e Professora de Espera Feliz Mônica Pimentel lança seus livros na biblioteca Municipal

Escolas receberão um exemplar

 

Nesta manhã de sexta-feira (30), foi realizado o lançamento dos Livros da Professora e Escritora Monica Pimentel na biblioteca Municipal de Espera Feliz.
 

O mês de abril é um mês muito especial para a educação. Nele comemoramos, entre outras datas importantes, o Dia Nacional da Biblioteca no dia 09, o Dia do Livro Infantil no dia 18, o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor no dia 23 e o Dia Mundial da Educação no dia 28. Para marcar este mês tão especial, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, por meio do Setor de Cultura e Patrimônio Cultural, seguindo os protocolos de biossegurança para prevenção a COVID 19, lançou hoje, na Biblioteca Municipal Maclóvis Murilo Lopes, os Livros infantis “Um Presente para Tito e “Nuru”, da autora Mônica Pimentel, que além de escritora é professora efetiva da rede municipal de ensino, atuando no CMEI “Os Pequeninos do Futuro”, desde o ano de 2015.



Todas as escolas da rede municipal receberão um exemplar dos livros lançados para serem trabalhados com as crianças matriculadas em nossas escolas. Mônica Pimentel, sugere o desenvolvimento de um projeto com práticas antirracistas nas escolas, utilizando livros de sua autoria e outros adequados a temática. 
 

A Biblioteca Municipal Maclóvis Murilo Lopes, está passando por um processo de revitalização e atualmente está funcionando na Rua Ernesto Grillo, Nº 103 , ao lado da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, no horário de 08 as 16 horas.

 

Os Livros
 

“Um Presente Para Tito”, foi publicado em 2020, com apoio da Lei Municipal Nº1.224/2017 – Lei de Incentivo aos Escritores Residentes em Espera Feliz/MG, tirando do anonimato um “Menino Negro e Pobre” que sonha com boas oportunidades, como: frequentar a escola, ter roupas, sapatos e uma casa digna. O final do livro projeta esse personagem alcançando seus objetivos. A história é baseada num aluno de Mônica, que sempre escondia em sua mochila alguns brinquedos da escola. Assim, o livro veio com o objetivo de dizer a ele que “coisas boas acontecem” e que, talvez, fosse melhor pedir do que levar consigo algo que não nos pertence. Ele, um menino que vivia pelas calçadas quando estava fora da escola, ganhou uma história para que pudesse ter um pouco de esperança e para ajudar outras crianças a perceberem de forma sutil, a desigualdade social.

 

“Nuru”, foi publicado em 2021, com apoio da Lei Aldir Blanc – Nº 14.017/2020, Inciso III, por meio do Edital Municipal Nº: 007/2020, realizado em 23 de outubro de 2020. Com o o anseio que o Antirracismo e a História Africana sejam trabalhadas em sua totalidade, em todos os meses do ano, Mônica, deu vida a “Nuru”, ressignificando a história dos negros no Brasil. Para a autora, negros não descendem de escravos, mas de uma realeza usurpada de forma cruel. Realidade e fantasia se misturam nessa história, para contar dentro do universo infantil, sobre a vida nos navios negreiros.


Nas histórias de Mônica Pimentel, todas as crianças são convidadas a perceberem sua identidade com as características individuais que as compõe e a se amarem em sua totalidade. A autora, cria histórias que falam da realidade, sem perder a poesia e a esperança que são próprias da infância.




A autora:

Mônica Pimentel nasceu na cidade de Carangola/MG em 26 de Junho de 1976. Graduou-se em Letras pela Universidade do Estado de Minas Gerais e Pedagogia pela Universidade Metropolitana de Santos. É Escritora, Professora na Educação Infantil, Compositora, Contadora de Histórias, Corretora de Redações.
 

Em 2005 publicou seu primeiro livro “Minas, Eu Te Amo: Prosas, Versos e Canções”; em 2008 “Um Último Olhar”; em 2011 e 2014 “Zhoe e o Pássaro” 1ª e 2ª edição; em 2013 “Luísa e Arthur: Aventuras Para Dizer Adeus”; em 2014 “Sobre as Cinzas”, “Eu, Você e os Outros” e “Balaio de Gato”; em 2015 “Uma Chance Para o Amor”.


A partir de 2015 passou a atuar na Educação Infantil no Município de Espera Feliz, onde também mantém residência. Desenvolveu então o “Projeto Alma Literária” com a publicação de “Livros Infantis”, publicando em 2016 “Maju Não Vai À Festa”; em 2018 “A Lua de Eloá”; em 2020 “Um Presente Para Tito”; em 2021 “Nuru”.


Já foi premiada com Menção Honrosa no Prêmio Nacional Buriti pelo texto “Crônica das Três Amigas” e no Salão de Humor de Piracicaba com os Microcontos “Infância” e “Divórcio”. É atuante na Cultura Regional. Desde criança participa de Grupos Teatrais, Visitas Guiadas a Museus, Doutores da Alegria e diversas manifestações culturais.


A autora também é contadora de histórias, e para tornar este dia ainda mais especial, Mônica Pimentel, nos brindou com uma de suas história de grande sucesso, “Maju Não Vai à Festa”, que conta a história de duas princesas: uma princesa que é filha do luar com a noite e outra que é filha das manhãs com o sol. Um baile estava prestes a acontecer naquele reino... Porém, a princesa Maju foi informada que para ir ao baile, precisaria desfazer seus cachos, pois não existiam princesas de cabelos cacheados. Maju decide então, como um ato de protesto e de valorização pessoal, não participar do baile e decide fazer o seu baile. E daquele dia em diante, muitas princesas de cabelos cacheados surgiram em reinos, castelos e histórias infantis.


Fonte: Secretaria Municipal de Educação e Cultura - Prefeitura de Espera Feliz


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »