26/03/2021 às 11h42min - Atualizada em 26/03/2021 às 11h42min

Cafeteria na zona rural é aposta de família de Carangola

Cafeteria Donanézia

Dedicada e apaixonada pelo café, a jovem Monyqui Alves Cireli e os seus pais José Curvelo Cireli e Miriam Rodrigues Alves Cireli, preparam-se para abrir a Cafeteria Donanézia na comunidade de Conceição, em Carangola. Em agosto de 2020, a família entrou para o Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) Café, que tem colaborado especialmente na gestão do negócio.

 

A cafeteria será a nova aposta da família, que comercializa o café Donanézia desde 2019. A marca tem linhas de café tradicional e especial, torrado, em grãos e moído. Os produtos são vendidos em Carangola e em cidades do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.



“O empreendimento será um espaço para divulgação dos produtos da família e de outros produtores da comunidade e um incentivo à prática do turismo. Vi a necessidade de ter um lugar que chamasse a atenção das pessoas para a nossa comunidade, que é rica em lindas paisagens montanhosas, que muitas vezes passam despercebidas”.



Monyqui já participou dos cursos de Classificação e Degustação, Torra, Barista e Comercialização de Café do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, e foi a capacitação que a encorajou a empreender. “O SENAR MINAS tem cumprido o seu compromisso com nós, produtores, e tem sido muito gratificante ter a escola do campo nos dando esse apoio que é tão importante: o conhecimento”.

 

O nome da cafeteria e da marca de cafés da família é uma homenagem à bisavó de Monyqui, Dona Anésia, que assim como a neta, foi uma produtora rural dedicada. A jovem diz se inspirar na força da bisavó para conquistar o seu espaço no mercado de cafés especiais.


“A mulher é indispensável pois a colheita seletiva exige atenção, paciência e, principalmente, capricho. Meu pai sempre fez questão de estarmos envolvidas, minha mãe e eu, nas atividades da propriedade, e com a participação no programa ATeG essa realidade foi reforçada. Temos dificuldades a enfrentar, mas os resultados alcançados até agora são excelentes, comentou.

Vale destacar que Monyqui faz parte de grupos de mulheres da sua comunidade. Juntas elas atuam para compartilhar e fortalecer ideias e desenvolver estratégias de crescimento.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Viçosa (Por Lílian Moura)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »