11/03/2021 às 19h00min - Atualizada em 11/03/2021 às 19h00min

Espera Feliz poderá entrar para a onda roxa do Minas Consciente nos próximos dias

Decisão cabe ao Governo MG

Em coletiva realizada nesta tarde de quinta-feira (11), a equipe da Secretaria de Saúde de Espera Feliz esclareceu algumas questões relacionadas ao Covid-19 no município.
 

A Secretária de Saúde, Fernanda Carlos Donadio, relatou que a equipe participou de uma reunião nesta quinta, onde foi discutido a possibilidade da Micro de Carangola aderir a onda roxa (medidas restritivas do Governo Estadual). Fernanda explicou que o município está acompanhando a situação da região, e que o momento é muito preocupante não só no município, mas como em todo País, devido à escassez de leitos de UTI Covid-19.


“Corremos risco de um colapso, se a gente não agir, teremos pacientes nos corredores dos hospitais e sem vaga na UTI”, disse Fernanda.


 
Hoje o Hospital Evangélico de Carangola está com os leitos de UTI com a ocupação máxima, e a Casa de Caridade conta apenas com 3 vagas para atender toda a região.

 
A Secretária ainda afirmou que a vigilância sanitária está intensificando a fiscalização, para que os protocolos sejam cumpridos.
 
 
 
A Coordenadora de Vigilância Epidemiológica de Espera Feliz, Adressa Alves de Souza, esclareceu sobre o município entrar ou não na “onda roxa”, e disse que o tema está sendo discutido entre os gestores dos 11 municípios da micro de Carangola. Adressa ressaltou que a situação não depende dos Prefeitos, e sim do Governo Estadual, para que a rede hospitalar tenha como respirar, caso seja necessário aderir ao plano.

 
Se os gestores entrarem em acordo, provavelmente a micro de Carangola deve aderir à onda roxa nos próximos dias”, completou.
 

Na próxima segunda-feira (15), os gestores em parceria com a Secretaria do Estado vão decidir se a micro de Carangola vai aderir ou não a Onda Roxa, lembrando que depende do governo de Minas.   
 
 
Daniele Gomes Afonso, Coord. de Atenção Primária, alertou sobre a situação da Covid-19 em Espera Feliz. Nesses últimos 03 meses de 2021, o município já apresenta um aumento de 60% dos casos em relação ao ano de 2020.


Isso retrata bem o cenário que a gente está vivendo, a preocupação que nós estamos enfrentando frente a essa taxa de ocupação nos leitos de UTI, no aumento dos casos e também o aumento dos números de suspeitos”. Daniele ainda pediu novamente para a população se proteger, seguindo os protocolos de segurança da Covid-19.
 

Para finalizar, a Secretaria de Saúde comunicou que nesta sexta (12), uma nova coletiva será realizada para anunciar as decisões e as medidas que serão tomadas, e possivelmente um novo Decreto Municipal.


Destacamos que Espera Feliz não aderiu ao Minas Consciente
, porém o Governador Romeu Zema já disse que todos os municipios serão obrigados a aderir a Onda Roxa, caso seja decretado. 



Onda Roxa


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »