10/03/2021 às 11h32min - Atualizada em 10/03/2021 às 11h32min

Padres Patrício e Erasmo se despedem de Carangola

Despedida

Neste último domingo (7), marcou a comunidade católica de Carangola com a despedida dos padres Patrício e Erasmo que nos próximos dias assumirão novos desafios. A despedida aconteceu durante as quatro missas celebradas no domingo.

Padre Patrício assumirá como ecônomo do seminário diocesano de caratinga. Padre Erasmo segue sua missão em Inhapim, na paróquia São Sebastião. O momento foi marcado pela fé e emoção. “O choro a gente vai guardar sempre.

A saudade a gente vai levar sempre. E nós vamos ficar em oração pelo padre Patrício e padre Erasmo. Que eles sejam muito felizes”, disse Ana Ferrari. Ailton Lopes Ferreira, integrante da Liturgia de Canto, destacou o trabalho realizado pelo padre Patrício a frente da paróquia e suas diversas ações sociais, litúrgicas e também na manutenção do templo. “Tenho orgulho de ter mais um amigo dentro do clero.


Vai deixar muita saudade, eu gosto muito dele e sei que ele considera muito agente”, disse. A celebração em despedida do Padre Patrício e Padre Erasmo, não pode ter muitas pessoas na igreja devido ao cenário de pandemia mas, toda comunidade católica de Carangola pode acompanhar este momento graças a Pascon que transmitiu tudo pela internet. “A Pascon tem a finalidade de levar a igreja até quem está em casa, sem aglomerar dentro da igreja. Essa é nossa intenção de levar a Palavra, a liturgia até sua casa”, disse Fabiene Morando, coordenadora da Pascon. Natural de Divino, Padre Erasmo foi ordenado presbítero no dia 8 de novembro de 2020, desde então, como vigário, foi acolhido pela comunidade de Carangola como um pai. “O sentimento é de gratidão a comunidade paroquial a todos dessa cidade, pelo carinho, pela recepção, e pelo aquilo que nós pudemos fazer juntos. Acho que a história é escrita dessa forma, onde pessoas interessadas no bem comum, na evangelização, se comprometem a construir esse Reino aqui nas nossas vidas”, disse padre Erasmo.


Padre patrício ficou cerca de 1 ano e meio a frente da paroquia de Santa Luzia, como pároco. Em sua trajetória em Carangola se destacou no trabalho solidário durante a pandemia e no atendimento as milhares de pessoas atingidas pelas enchentes de 2020 e 2021.  


Esta despedida, para ele, tem sido um misto emoções. “Ao mesmo tempo que a gente tem a gratidão por esse tempo que passou, a gente tem também aquele friozinho na barriga da nova missão. O novo sempre nos desafia. A gente tenta bem assim essa sensação, ‘poxa vida’, o tempo foi tão pouco, a gente tinha tantas ideias e a gente não conseguiu realizar aquilo que a gente sonhava, aquilo a gente pensava. A gente tem essa sensação assim parece que a gente sai está saindo e não cumpriu plenamente a missão. Mas a gratidão ela fica como sentimento do momento, quero muito agradecer todo povo de Carangola por esse tempo que estivemos juntos”, afirmou.

Fonte: Rádio Educativa FM 96,7


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »