25/01/2021 às 16h33min - Atualizada em 25/01/2021 às 16h33min

Consulta pública sobre obras de esgoto em Pedra Menina começa na próxima segunda (1)

Participação social

Governo do Estado, por meio da Cesan (Companhia Espírito-santense de Saneamento), abriu consulta pública sobre as obras de coleta e tratamento do esgoto, que serão iniciadas no distrito de São Raimundo da Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, região do Caparaó. A obra é financiada pelo Banco Mundial e o objetivo da consulta é promover a participação social na execução do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, o maior conjunto de ações na área ambiental já realizado pelo Estado.



O documento sobre a obra pode ser acessado no link www.cesan.com.br/consultapedramenina a partir de segunda-feira (1) até o sexta-feira (5), os interessados podem se manifestar na própria página da consulta. No dia 3 de fevereiro, será realizada uma reunião virtual aberta ao público pela TV Cesan (www.youtube.com/tvcesan), onde os participantes também poderão interagir com a equipe técnica para enviar sugestões e esclarecer dúvidas.



Porta de entrada para o Parque Nacional do Caparaó, o distrito de São Raimundo da Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, é uma região com grande potencial turístico e vem recebendo investimentos da Cesan e do Governo do Estado. Em março do ano passado foi entregue o sistema de abastecimento de água para a localidade. Um investimento de R$ 3,6 milhões, que beneficiou 1.200 moradores. O distrito agora vai receber obras para a implantação do serviço de coleta e tratamento do esgoto.



As obras


Serão beneficiados 1.708 habitantes do distrito de São Raimundo da Pedra Menina. A previsão é que os trabalhos sejam finalizados em 18 meses, após a assinatura da Ordem de Serviço. O distrito vai ganhar uma estação capaz de tratar mais de 430 mil litros por dia e remover 90% da carga orgânica do esgoto, que será devolvido limpo para o meio ambiente. Também serão implantados 4.828 metros de redes coletoras, interceptoras e de recalque, além de uma estação de bombeamento e 395 ligações de imóveis.


A coleta e o tratamento do esgoto, além de melhorar a saúde da população, aumenta o valor dos imóveis e promove o turismo, contribuindo para a despoluição do Rio Preto, onde ficam as cachoeiras de Cambucá e Três Estados, que estão entre as mais visitadas da região.



Águas e Paisagens


O Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem é o maior conjunto de ações na área ambiental já realizado pelo Estado do Espírito Santo. Financiado pelo Banco Mundial, o programa vai investir US$ 323 milhões, cerca de R$ 1 bilhão, para a gestão integrada e sustentável das águas, solo e recursos, por meio de intervenções nas áreas de saneamento ambiental, recursos hídricos, drenagem, gestão de mananciais, recuperação da cobertura florestal, gestão de riscos e prevenção de desastres.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »