15/01/2021 às 09h38min - Atualizada em 15/01/2021 às 09h38min

Ex-sargento do Exército que tentou matar ex-mulher a marteladas é preso em Divino de São Lourenço

Suspeito de 04 homicídios

Um ex-sargento do Exército, de 55 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (15) em uma operação das polícias Civil e Militar de Guaçuí e de Viçosa, em Minas Gerais. A ação foi deflagrada para deter Carlos Alberto da Silva Fonseca, suspeito de, ao menos, quatro homicídios, além de tentar matar a ex-companheira com marteladas na cabeça.
 

A prisão aconteceu no interior de Divino de São Lourenço, por volta das 6h.

O último crime ocorreu em outubro do ano passado. Na ocasião, o suspeito foi até a casa da ex-mulher, de 30 anos, se escondeu debaixo da cama dela, e quando a vítima foi se deitar, foi surpreendida por golpes de martelo na cabeça. Ela foi socorrida com ferimentos graves.

 

Em 2013, em Espera Feliz, ele matou a ex-companheira dele, de 44 anos, o atual marido dela, de 26, e o caseiro do sítio onde moravam, de 52. Todos foram assassinados em frente a filha do próprio acusado, à época com 12 anos. Segundo a Polícia, na época do crime os militares foram chamados por volta das 21hs e, ao chegarem no local, se deparam com as três vítimas mortas a facadas. Naquela ocasião, o suspeito conseguiu fugir da Polícia. 



Antes disso, em 2009, ele também cometeu outro assassinato. Fonseca matou a tiros um cabo da Marinha, no Rio de Janeiro. Agora preso, o assassino com extensa ficha criminal será encaminhado à Delegacia de Viçosa, e de lá, deve ser levado para uma unidade prisional.


 

Por
 Rafaela Thompson - Aqui Notícias
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »