20/12/2020 às 13h53min - Atualizada em 20/12/2020 às 13h53min

MG-108 pede socorro: moradores protestam por recapeamento

Pista fechada durante protesto

Portal Caparaó

O trânsito no trecho da MG-108, que liga os municípios de Lajinha a Durandé, foi totalmente paralisado na tarde desta últia sexta-feira (18/12).


Segundo um dos participantes, Cristiano Azinni, a suspensão do tráfego de veículos foi resultado de uma manifestação convocada por moradores e comerciantes da região sobre as condições do tráfego na rodovia. O ato foi pacífico e buscou chamar atenção das autoridades do Governo de Minas Gerais e do DER-MG.



De acordo com o agricultor, Antônio Sérgio da Silva, foi para mostrar a precariedade de duas rodovias de acesso a região de Lajinha, a MG-108 (que se estende de Manhumirim até Mutum) e a MG-441, que dá acesso direto ao estado do Espírito Santo.

“O que nós queremos é recapeamento já das duas rodovias. Somente essas operações tapa-buracos não resolvem mais o problema. O recapeamento é a solução. Nós pagamos impostos e queremos o retorno. Essas estradas são fundamentais para a saúde, para o escoamento da produção, para o comércio entre as cidades dessa região”, afirmou.


As duas rodovias estaduais não possuem acostamento e estão repletas de buracos e erosões.



"Recebemos um apoio muito grande. Os motoristas que necessitam passar no local entendem a necessidade deste ato," explicou Antônio Sérgio.


Equipes da Polícia Militar acompanharam o movimento. Segundo o Tenente Amilton José Dias Junior, a manifestação foi pacífica e, depois de cerca de 20 minutos, o trânsito foi liberado novamente.


Foi o segundo protesto do tipo em uma semana. Outros manifestantes fecharam trecho da MG-111, em Santana do Manhuaçu, também reivindicando o recapeamento da pista entre a divisa com o Rio de Janeiro e a cidade de Ipanema.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »