24/11/2020 às 14h00min - Atualizada em 24/11/2020 às 14h00min

Comércio em Manhuaçu continua aberto, mas ações de fiscalização serão intensificadas

Onda vermelha

Em reunião realizada no auditório da Secretária de Saúde, envolvendo representantes do Ministério Público Estadual, Hospital César Leite, Superintendência Regional de Saúde, Polícia Militar e Prefeitura de Manhuaçu ficou definido que Manhuaçu segue os protocolos do Minas Consciente e vai ampliar a fiscalização das rotinas obrigatórias de prevenção. No entanto, o comércio permanece aberto dentro das regras do Programa Estadual.


De acordo com levantamentos da Superintendência Regional de Saúde, a macrorregião está na onda amarela do Minas Consciente, porém, as microrregiões de Manhuaçu e Carangola estão classificadas na onda vermelha.


“Realizaremos um novo encontro na quarta-feira, envolvendo todos os gestores da saúde dos municípios que compõem a área da SRS/Manhuaçu, juntamente com a participação o Ministério Público Estadual, das comarcas dos respectivos municípios e nesse encontro estaremos tomando medidas preventivas mais abrangentes como forma de prevenção ao novo coronavírus e para evitar que o comercio feche e comprometa ainda mais a economia”, explicou Juliano Estanislau, Diretor da SRS Manhuaçu.

Para o Promotor de Justiça da Comarca de Manhuaçu, Dr. Reinaldo Pinto Lara, é preciso mobilizar as autoridades municipais para ações preventivas sejam intensificadas a fim de evitar o fechamento do comércio e, por outro lado, não comprometer a saúde da população. “Estamos mobilizando as autoridades para possamos orientar a população e comerciantes para que adotem os protocolos da saúde, tanto para os funcionários, quanto para os clientes para evitemos tomar medidas mais drásticas, pois se for necessário nós iremos tomar”, disse


O Secretário Municipal de Fazenda, Claudinei Domingos Lopes, explicou que a princípio, fica valendo o que está definido no programa Minas Consciente, do Estado de Minas. “Neste primeiro momento não iremos fechar o comercio em Manhuaçu, mas adotaremos medidas de fiscalização mais rígidas, visando realmente fazer cumprir as determinações do Minas Consciente, agora, caso a região mude para onda vermelha, a história muda e o nosso objetivo é fazer com que todos os municípios da região se unam em prol da vida. Manhuaçu não deve ser pressionado sozinho, enquanto em outras cidades da região as aglomerações continuam  de forma desenfreada”, ressalta o secretário.



REAÇÃO
 

Nas redes sociais, é visível a preocupação e descontentamento do setor empresarial. O segmento reclama dos prejuízos de um eventual fechamento do comércio no período de vendas de fim de ano.


Por mais que reconheçam o valor e a prioridade à vida humana, comerciantes de Manhuaçu não pode ser penalizado, enquanto outras cidades sequer adotam medidas de prevenção e ainda promovem aglomerações, como shows e comemorações políticas.


Outra crítica que tem ganhado força nos últimos dias é que, durante a campanha eleitoral, os candidatos circularam normalmente pelas cidades de todo o país.


Portal Caparaó


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »