16/09/2020 às 11h31min - Atualizada em 16/09/2020 às 11h31min

Ciclone se afasta para o alto mar e não provoca estragos em Minas

Mudanças no clima

Ventos mais fortes tiveram velocidades entre 53 e 72 km/h e foram registrados nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro; em Minas, não houve ocorrências.

 

O anúncio da formação de mais um ciclone bomba no Brasil deixou a população das regiões Sul e Sudestes do país apreensiva desde o fim de semana. Porém, após a passagem com mais intensidade pelo litoral do país, o fenômeno natural se afastou para o alto mar e não provocou estragos entre a segunda-feira (14) e a tarde desta terça-feira (15).

De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a combinação do ciclone extratropical com a chegada de uma massa de ar polar frio provocou fortes rajadas de vento que chegaram a superar 70 km/h, principalmente nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro. O alerta também previa mudanças no clima da Zona da Mata mineira, mas nenhuma grande ocorrência ocorreu.

O ClimaTempo informou ainda que o fenômeno provocou uma grande variação da pressão atmosférica, o que aumentou a velocidade dos ventos na costa. Agora, a tendência é "que este sistema se afaste cada vez mais para alto mar, portanto,  os ventos também tendem a enfraquecer". 

O Tempo

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »