08/09/2020 às 13h07min - Atualizada em 08/09/2020 às 13h07min

Auxílio emergencial supera empregos em Espera Feliz

Levantamento do CGU

O número de beneficiários do novo Auxílio Emergencial supera o total de empregados com carteira assinada em Espera Feliz.

É o que revela um levantamento realizado pelo Ministério da Economia e da Controladoria Geral da União (CGU). Confira:



Espera Feliz:

Empregos (CLT): 2.333

Auxílios Emergenciais: 2.428

 


No estado de Minas Gerais são ao todo 440 cidades mineiras nesta situação (51,6%).


A análise se limita aos desempregados, informais e autônomos que solicitaram a ajuda financeira pelo aplicativo da Caixa Econômica Federal após a chegada do coronavírus. Não inclui, portanto, os socorridos desde antes de abril pelo Bolsa Família e demais pagamentos do Cad Único (Cadastro Único para Programas Sociais), incorporados ao Auxílio durante a pandemia.

Os profissionais de carteira assinada não têm direito ao benefício, separando assim os trabalhadores em dois grupos distintos. Os números apresentam um novo retrato sobre a informalidade, além da alta dependência econômica dos municípios em relação aos empregos e gastos públicos.




RETRATO DO INTERIOR


Segundo os últimos dados consolidados pelo Ministério e pela CGU, Minas Gerais registrava em julho um total de 3,9 milhões de postos formais. Enquanto isso, 1,8 milhão de desempregados, informais ou autônomos receberam o benefício emergencial criado especialmente para amenizar os prejuízos causados pelo coronavírus.


A análise mais detalhada, no entanto, revela que 50% dos contratados em regime CLT estão concentrados em apenas 14 grandes cidades. A outra metade dos empregos está espalhada pelos demais 839 municípios do Estado, onde vivem dois terços da população.


Com informações: O Tempo
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »