13/08/2020 às 21h03min - Atualizada em 13/08/2020 às 21h03min

Cursos do SENAR garantem renda a produtoras de Espera Feliz

Qualificação profissional

Betânia Carobine Miranda conta que sempre fez, em casa, produtos derivados do leite para vender e para consumo da família. Após fazer os cursos promovidos pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Espera Feliz, se especializou e conseguiu melhorar a qualidade e as vendas dos seus produtos.
 



 

O último curso do qual participou foi o de produção de queijos.“Eu aprendi, com o professor Mauro, a gastar menos. Antes um usava sete litros de leite para fazer um queijo, e passei a usar cinco ou até menos. Tinha muita vontade de aprender a fazer o queijo muçarela, e aprendi no curso”.
 

Além dos queijos, Betânia faz doces, também aprendidos em capacitação oferecida pelo SENAR, e comercializa os produtos em pousada, restaurante, e de casa em casa. Ela acredita que o conhecimento só a engrandece e prepara para a ideia de investir no turismo rural oferecendo também uma experiência gastronômica aos clientes. “Os cursos são ótimos. Estão sempre de parabéns. E a gente vê o crescimento de todo mundo”.






 

Quitandas

Também em Espera Feliz, a produtora Valéria Peixoto Faria colocou em prática os ensinamentos do curso de produção artesanal de alimentos e investiu na produção de salgados assados e pães. “A participação no curso foi uma experiência maravilhosa. Eu tinha muita vontade de entrar nesse ramo e graças a Deus e ao SENAR eu consegui”.

 



 

Durante o isolamento social ocasionado pela pandemia de Covid-19, a venda dos produtos, em uma mercearia da família, se tornou uma importante fonte de renda para a produtora. “Nesse tempo que estava em casa aproveitei para mostrar o que aprendi com o SENAR. Meus produtos foram bem aceitos e pude complementar meu salário”, contou Valéria.

O mobilizador do SPR de Espera Feliz, Leonardo Chaves de Souza, comemora o sucesso das iniciativas e destaca que “o objetivo do SENAR é melhorar a qualidade de vida, trazendo também uma realização pessoal”.




Lílian Moura - Senar MG
 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »