24/06/2020 às 18h42min - Atualizada em 24/06/2020 às 18h42min

Espera Feliz adere ao programa ‘Minas Consciente’

Município poderá abrir somente serviços considerados essenciais.

Dentro da chamada 'onda verde', o comércio no município poderá abrir somente serviços considerados essenciais.


Em live realizada na tarde desta quarta-feira (24), a Coordenadora de Atenção Primária Alannisa, informou que o município de Espera Feliz vai aderir ao programa do governo 'Minas Consciente'. A decisão foi tomada após uma reunião com o comitê de enfrentamento ao Coronavírus, onde foram avaliados a crescente de casos no município e na região.
 
Alanisa destacou que a mobilidade das pessoas nas ruas aumentou consideravelmente, e muitos parecem não entender a gravidade da situação. 


A previsão para adesão ao programa deve ser iniciada a partir do dia 30/06. 


Espera Feliz faz parte da Macrosudeste, onde a Macro se encontra na Onda Verde (apenas comércios considerados essenciais podem ficar aberto).

A equipe destacou também uma grande preocupação com a falta de medicamentos no combate ao Covid-19, onde estão com previsões de falta em todo o Estado de Minas Gerais.

"O problema não é a falta de recursos para comprar, e sim a dificuldade de importar esses medicamentos neste momento".  

A equipe pede a colaboração de toda a população com as novas medidas.



Minas Consciente
 
O programa "Minas Consciente" é destinado à possibilidade de flexibilização das medidas de isolamento social de forma responsável em cada município, permitindo a retomada gradual, progressiva e regionalizada, embasada em critérios e dados epidemiológicos, a partir de um monitoramento constante da situação pandêmica e da capacidade assistencial.

O objetivo é orientar as prefeituras quanto às medidas considerando, em primeiro lugar, a manutenção da saúde da população.
 

Ondas
 
O "Minas Consciente" setoriza as atividades econômicas em "quatro ondas", que serão liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e da propagação da doença em cada região.
 
  • Onda verde – serviços essenciais;
  • Onda branca – primeira fase;
  • Onda amarela – segunda fase;
  • Onda vermelha – terceira fase.

Sexta-feira (26), a equipe da saúde vai trazer mais informações a respeito junto à vigilância sanitária.

Redação Destaque Diário
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »