15/06/2020 às 19h52min - Atualizada em 15/06/2020 às 19h52min

Bradesco de Guaçuí ficará temporariamente fechado após morte de gerente

Suspeita de Covid-19

A agência bancária do Bradesco em Guaçuí não abriu nesta segunda-feira (15). Na porta um cartaz explica que o banco ficará temporariamente fechado para higienização e cumprimento de medidas de prevenção e combate ao novo Coronavírus.


Ainda segundo o Bradesco, a agência será reaberta quando a atual situação estiver normalizada.


Sábado (13) o gerente Lucas Prevatto, de 32 anos, morreu após dar entrada no Pronto Atendimento local, sentindo dificuldade para respirar. O bancário foi sepultado em Porciúncula, sua cidade natal.


Os protocolos adotados pelo Bradesco e pelas prefeituras locais indicam que a suspeita é de que a morte esteja relacionada à covid-19. No entanto, a Secretaria de Saúde de Guaçuí ainda não confirmou a causa do óbito.


Sindibancários responsabiliza o “sistema financeiro” pela morte do bancário


O Sindicato dos Bancários/ES divulgou uma nota onde lamenta a morte de Lucas Prevatto e responsabiliza o “sistema financeiro” pela morte do bancário.


“Não podemos isentar o sistema financeiro pela morte de Lucas. Ávidos por manter seus lucros, os bancos pressionam para que as atividades bancárias sejam retomadas, ignorando que o contexto de pandemia está longe da normalidade e que exige de todos empenho no sentido de preservar vidas. Os bancos, como ambientes de risco, sem ventilação natural e que favorecem a aglomeração de pessoas, deveriam permanecer fechados durante a pandemia”, diz a nota.


Para o Sindicato, a morte precoce de Lucas Prevatto expõe a necessidade urgente de que haja um endurecimento nas medidas de prevenção aplicadas pelo poder público, onde o isolamento social é protocolo mais eficaz para o controle da doença.

Fonte: 90,5FM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »