03/06/2020 às 12h55min - Atualizada em 03/06/2020 às 12h55min

Polícia Civil prende mulher em Espera Feliz, suspeita de participar de um homicídio em Guaçuí

Mandado de prisão

Portal Caparaó

ESPERA FELIZ (MG) e DORES DO RIO PRETO (ES) - A 34ª Delegacia de Polícia Civil de Espera Feliz cumpriu um mandado de Prisão Temporária expedido pela Juíza de Direito da 2ª Vara da Comarca de Guaçuí/ES Dra. Valquiria Tavares Mattos em desfavor de uma mulher, A. P. V., em Espera Feliz (MG). A Polícia Civil de Dores do Rio Preto/ES solicitou apoio para o cumprimento do mandado.


Segundo apurou-se a mulher é acusada de participação no homicídio que vitimou João Paulo Ferreira Purificati em Guaçuí. O caso teve grande repercussão no Espírito Santo.  Os policiais civis Wilson Lima e Evandro Almeida participaram da prisão em apoio a PCES.


Além de Espera Feliz, os mandados de prisão foram cumpridos na zona rural de Guaçuí, no assentamento Luiz T. Neto e no bairro Vila dos Professores. O veículo que foi utilizado pelos autores para transportar o corpo da vítima também foi encontrado.


Foram presas temporariamente duas mulheres e três homens.

 

O CRIME
 

No dia 25 de abril de 2020, foi registrada uma ocorrência informando o desaparecimento de João, que estava sumido desde o dia 23, sendo que, o mesmo tinha sido visto pela última vez com vida por uma amiga, que lhe emprestou uma bicicleta para ele ir em um encontro.


O setor de inteligência da Polícia Civil de Guaçuí, passou a investigar o caso, para tentar descobrir o paradeiro da vítima, porém, no curso das investigações, foi descoberto que ele havia sido assassinado. Foi iniciada a Operação denominada “Don Juan” para descobrir a autoria e a motivação do crime.


Parceiros:


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »