08/05/2020 às 10h43min - Atualizada em 08/05/2020 às 10h43min

Selo Covid Free é criado por associação de empresários no Caparaó Capixaba

Protocolo de segurança

90,5FM

Quando o “Novo Normal” chegar (termo utilizado para se referir ao período pós-pandemia) turistas passarão a ter a preocupação de escolher um lugar seguro para passear, fora do risco de contaminação. Pensando nisso, a Associação Turística Circuito Caparaó Capixaba vem trabalhando para que seus associados possam oferecer segurança a todos. Eles então criaram o programa Selo Covid Free.


O selo é uma ferramenta para aplicação de procedimentos de segurança sanitária que visam minimizar pontos críticos de possíveis contaminações do novo Coronavírus, como também das demais doenças infectocontagiosas, nos estabelecimentos que adotarem esse protocolo (quando o funcionamento for possível de acordo com as orientações do Governo).


“A gente espera demonstrar pro turista que o local onde ele está pretendendo viajar é limpo, é asséptico. Essa é a ideia do selo”, explica o presidente da Associação Circuito Caparaó Capixaba, Marcelo Sanglard.


Destinado exclusivamente aos associados do Circuito, o projeto trata-se de diversos protocolos, que abrangem todos os aspectos da operação do negócio e que foram desenvolvidos exatamente com o objetivo de eliminar ao máximo a possibilidade de contaminação de pessoas, das estruturas físicas e dos alimentos servidos.


Ao aderir ao programa, o empreendimento assume uma série de responsabilidades operacionais, que serão acompanhadas pela Associação Circuito Caparaó Capixaba, como garantia adicional para sua implementação. “É importante destacar que só receberá o selo o associado que aderir ao programa e seguir os protocolos rigorosamente”, enfatiza Marcelo Sanglard.


Nas pousadas, por exemplo, ao fazer “check in”, o turista deverá ser encaminhado a um cômodo, localizado estrategicamente logo na entrada do estabelecimento, para trocar sua roupa de viajem por outra limpa.   


Sobre o Circuito 
 

O Circuito Caparaó Capixaba é formado por empreendimentos, como pousadas, restaurantes e outros, que margeiam a Serra do Caparaó, situados nos municípios de Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Guaçuí e Ibitirama.


A altitude dos empreendimentos varia de 750m a 1000m e proporciona noites frescas até mesmo nos meses mais quentes.

90,5FM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »