07/11/2018 às 16h15min - Atualizada em 07/11/2018 às 16h15min

Professores de Espera Feliz entram em Greve

Nesta terça-feira (06), professores da rede municipal de Espera Feliz entraram em estado de greve. Segundo informações, os professores estão com dois meses de salários atrasados (Setembro e Outubro). Um acordo de parcelamento teria sido feito com o prefeito, mas não teria sido cumprido.

Em nota, os professores avisaram os pais e responsáveis:

Senhores pais e responsáveis,

Como é de conhecimento de toda a população esperafelicense, nós, professores da rede municipal de ensino, estamos com o nosso salário atrasado há dois meses. Em reunião com o prefeito João Carlos Cabral de Almeida, ficou acordado o pagamento parcelado, contudo, o que foi combinado não foi cumprido. Isso mostra o descaso de nosso administrador para com a Educação, visto que os demais funcionários encontram-se com os vencimentos em dia.

Dessa forma, informamos que a partir de terça-feira (06/11) entraremos em paralisação e só retornaremos quando a Prefeitura cumprir com suas obrigações.

Pedimos desculpas por quaisquer transtornos, mas, por mais amor que tenhamos pela nossa profissão e por nossos alunos, também temos nossos compromissos em casa. 
Atenciosamente,
professores do Cme Crescendoe Aprendendo.



Nesta quarta-feira (07), terá uma reunião na câmara dos vereadores com o Conselho Municipal de Educação, professores e supervisores do município. A reunião está marcada para as 18hs, e é aberta para a população. 

A grave situação dos professores gerou grande comoção nas redes sociais, tendo apoio dos pais e alunos do município. 



 

"Não paramos porque queremos aumento de salário, ou diminuíção de nossa carga horária... paramos porque estamos trabalhando sem receber em dia! E nós, professores, somos os únicos funcionários da Prefeitura de Espera Feliz que estamos passando por isso." Finalizou uma professora do município. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »